Procedimentos para reemissão de bilhetes – Doméstico   

Aplica-se para viagens dentro dos EUA e entre os EUA e o Canadá*


Contrato de transporte: Regra 21B dos Estados Unidos para mudança de rota e Contrato de Transporte: Regra 255 do Canadá para mudança de rota Seção II

Salvo especificação em contrário em uma regra de tarifa, os seguintes procedimentos serão aplicados às reemissões de bilhetes DL. O valor do novo bilhete pode ser menor, igual ou maior do que o do bilhete original.

Para tarifas não reembolsáveis:

Se o valor do novo bilhete for menor do que o bilhete que está sendo reemitido, a diferença na tarifa, menos a taxa de alteração, será oferecida ao passageiro na forma de um voucher de viagem não reembolsável da Delta no momento da reemissão.  

Se o valor do novo bilhete for igual ou maior do que o do bilhete que está sendo reemitido, a taxa de alteração e qualquer diferença na tarifa serão coletadas no momento da reemissão.

Para tarifas reembolsáveis:

Se o valor do novo bilhete for menor do que o do bilhete que está sendo reemitido, qualquer diferença

Na tarifa será reembolsada na forma original de pagamento no momento da reemissão.  Se o valor do novo bilhete for maior do que o do bilhete que está sendo reemitido, qualquer diferença na tarifa será coletada no momento da reemissão.

Atenção: Os voos devem ser remarcados, e o bilhete, reemitido no momento da alteração

Bilhetes totalmente não utilizados  

  1. Ao fazer alterações nos trechos de ida de bilhetes não utilizados, a Delta cancelará o itinerário e recomeçará o processo, emitindo um novo bilhete usando as tarifas atuais, sujeitas a todas as regras tarifárias aplicáveis. Se a tarifa não utilizada for não reembolsável, o valor do bilhete original, menos a taxa de alteração, pode ser aproveitado para a compra do novo bilhete. Se a tarifa não utilizada for reembolsável, o valor do bilhete original pode ser aproveitado para a compra de um novo bilhete.

  2. Quando fizer alterações nos trechos de continuação/retorno de bilhetes não utilizados, a Delta aplicará um dos seguintes procedimentos para chegar à tarifa mais baixa:

a. Tentar manter as tarifas como emitidas, usando tarifas históricas em vigor na data da emissão do bilhete original e mantendo as tarifas originais e de origem/destino para todos os componentes da tarifa. A Delta validará todas as regras de tarifas no momento da reemissão.

-OU-

b. Calcular o novo preço do itinerário usando as tarifas históricas em vigor na data da emissão do bilhete original, validando todas as regras de tarifas e provisões de código de reserva no momento da reemissão sem nenhuma alteração no primeiro componente da tarifa.

-OU-

c. Cancelar o itinerário e recomeçar, emitindo um novo bilhete usando as tarifas atuais com todas as regras de tarifas validadas. Se a tarifa não utilizada for não reembolsável, o valor do bilhete original, menos a taxa de alteração, pode ser aproveitado para a compra de um novo bilhete. Para tarifas reembolsáveis, o valor do bilhete original pode ser aproveitado para a compra de um novo bilhete.  

Bilhetes parcialmente utilizados  

  1. Quando fizer alterações nos bilhetes parcialmente utilizados, a Delta aplicará um dos seguintes procedimentos para chegar à tarifa mais baixa:

a. Tentar manter as tarifas como emitidas, usando tarifas históricas em vigor na data da emissão do bilhete original e mantendo as tarifas originais e de origem/destino para todos os componentes da tarifa. Nenhuma alteração é permitida nos componentes de tarifas totalmente percorridos, e a Delta validará todas as regras de tarifas no momento da reemissão.

-OU-

b. Calcular o novo preço do itinerário usando as tarifas históricas em vigor na data da emissão do bilhete original, validando todas as regras de tarifas e provisões de código de reserva no momento da reemissão sem nenhuma alteração aos componentes da tarifa totalmente percorridos. O novo bilhete pode ter um valor mais baixo, igual ou maior do que o bilhete anterior.

-OU-

c. Calcular o itinerário novamente, substituindo as tarifas dos componentes de tarifa percorridos com tarifas históricas em uma classe de reserva igual ou na seguinte mais elevada disponível e substituindo os componentes de tarifa não percorridos usando tarifas históricas. Nenhuma alteração é permitida nos pontos de destino final da tarifa dos componentes de tarifa totalmente percorridos e as tarifas históricas são aquelas vigentes na data de emissão do bilhete original. A Delta validará todas as regras de tarifas no momento da reemissão. O novo bilhete pode ter um valor mais baixo, igual ou maior do que o bilhete anterior. A companhia aérea usará a seguinte hierarquia de classe de reserva (exibida da mais alta à mais baixa) quando substituir tarifas para componentes de tarifas percorridos:

Primeira Classe/Delta One – F P A G J C D I Z  

Delta Comfort+ – W

Cabine Principal – Y B M S H Q K L U T X V

Econômica Básica – E

-OU-

d. Emitir um novo bilhete usando as tarifas atuais e validando todas as regras de tarifa no momento da reemissão. Se a tarifa original for não reembolsável, a companhia aérea aplicará o valor restante para os trechos não percorridos do bilhete parcialmente usado, se houver, menos a taxa de alteração, para a compra de um novo bilhete. Para tarifas reembolsáveis, a Delta aplicará o valor restante do bilhete parcialmente usado, se houver, para a compra de um novo bilhete.

 

*Atenção : Esta informação é uma cópia da regra 21B para redirecionamento, do Contrato de Transporte da Delta: Estados Unidos e Regra 255 Seções II e II do  Contrato de Transporte da Delta: Canadá. À medida que haja discrepâncias entre o texto acima e o texto dos contratos de transporte dos Estados Unidos e canadenses enviados, o texto dos contratos de transporte enviados prevalecerá.

 
Durante sua visita ao Delta Professional, recomendamos usar um dos seguintes navegadores compatíveis. Usar um navegador mais antigo ou não compatível pode resultar em uma experiência menos agradável para o usuário.